Páginas

23 de mar de 2011

Contradições desta pobre e velha mente

Fiquei doente de repente
senti frio no calor do Rio
chorei por qualquer besteira
qualquer asneira da mente
que cada vez mais fervilha.
De repente o céu estava azul
e eu vi tudo tão negro
parece que cada dia tem uma surpresa diferente
um dia sinto uma fome de elefante
no outro sinto calma e paz.
Contradições desta pobre e velha máquina.

Um anúncio para " Um cruzeiro na Grécia no inverno"

Leve o calor da sua paixão...ao inverno na terra dos deuses.


Aproveite a chance de presentear
o seu amor e embarque nesse cruzeiro.

Os preços congelaram mas as paisagens estarão lá para dar vida ao seu romance.

Não perca essa grande chance de amar!

21 de mar de 2011

Uma criança no senado

Dalí perdeu o chão ao dar uns goles naquele líquido transparente e quente
com seu bigode fantástico
com seu passo trôpego
pela rua no escuro da noite quieta.
Suas telas
sua imaginação
surrealismo nas mãos
na mente
nas idéias de criança.
Que a arte compense as horas de tédio
que na vida da criança sensação mundana não existe.

Uma inspiração muda tudo

Não é nenhuma brastemp mas...

Baby,

o que você não sabe
porque eu não disse
é que o tempo corre no relógio
e a vida é feita de momentos
e encontros.
Que medo de ver o que não é pra ser visto.
E que medo de ouvir o que não é pra ser ouvido.
Certos medos me calam
certos apertos me estressam
roendo unhas
comendo as mãos
fumando mais de 40 cigarros por dia
tentando entender o significado dessa marca aqui no meu peito
ouvindo os gritos da guitarra
abafando os ecos da covardia
fugindo por aí
tentanto encontrar palavras que já não estejam gastas
não dá
tá longe
está tão longe ... diante de mim.
Perto mas tão longe
Distante do que eu quero
distante do que eu gostaria que fosse
Só está longe porque quer!
ou melhor
só está longe porque não quer.
Baby,
o que eu gostaria que você soubesse é que eu acho isso tudo tão estranho
nem eu sei as reações químicas
nem eu sei as reações das emoções
nem eu sei mais o que dizer
nem tem mais o que dizer
A dor, adeus.
Voltei!


==========


Linda noite
cristo e lua
e pessoas jogadas tomando vinho na grama
Linda noite
bêbados e felizes
rapazes e moças
liberdade de ir
de vir
de falar
de agir e ser
o que me aprisiona?
acho que nada.
é algo mais forte que me liga no coração dela.
É como se o teu peito fosse a minha tomada
onde eu pudesse me alimentar de energia.

" I´m gonna love you
til the heaven stops the rain
i´m gonna love you
til the stars fall from the sky
for you and i. "

19 de mar de 2011

Como é que pode uma menina me fazer tremer?

"Ela se foi calada
Não pôde ver a minha cara
Ela teria visto a falta que faz ao meu lado
(o que eu nunca disse e nem vou falar)"
Tinanastácia


Teu olhar é leve
teu ser é tranquilo
menina, não brinca com fogo
eu disse isso
eu lembro
diante de tantos encontros
acho que temos que ver a intensidade dessa ligação
eu sinto
nós temos!
mesmo dizendo que não
eu sei, nós temos uma ligação forte
e tentando te esquecer
de repente surge
calma
é sempre assim
saio
chego
pego uma cerveja e você surge na minha frente
e que bom que surge!
não quero não ligar
mas ao ligar
de repente, surge
cê me entende?
eu não entendo
"como pode uma menina me fazer tremer"?
eu realmente não entendo
mas eu te encontro sempre
isso não deve ser deixado de lado
eu não consigo.
Menina, eu te quero tanto!
Eu nem sei mais o nome disso que sinto
mas é forte
forte
muito forte
Que loucura
O que você provoca em mim eu nem sei falar.
Mas provoca qualquer coisa nova
e fico muda porque não tenho o que dizer
só sinto vontade de me perder nos teus abraços
e lembrando dos carinhos
ai ai ai...será que já era mesmo?

17 de mar de 2011

I ain´t got nobody (Bessie Smith)

Ouça:

Bessie Smith ( Yellowdog blues) (I ain´t got nobody)

Chet Baker

Patti Smith

Buddy Guy

Cotidiano selvagem

Ouça: born to be wild (steppenwolf)

A morte não pode ser banalizada
o que grita no meu peito é:
VIDA

A natureza esgotada,
chora desesperada

O caos no Japão
o desespero no mundo
mas tudo é mais.

Ondas de três metros
quebrando as barreiras no Arpoador...
e quem foi que aterrou tudo?


---------------------

O desespero vem do desrepeito e
da falta de consciência na vida,
no planeta terra.
A falta de amor aos inúmeoros tipos de vidas que existem
ao organismo vivo e interligado
(agora é tarde)
e o mundo assim chora estraçalhado.
Maremostos
os vulcões voltando ao trabalho
larvas sendo expelidas ao vento
espaços que não podem existir
suspeita de furacão no Brasil?
Ameaças nucleares!
Notícias populares.

Algumas palavras

Meu tolo coração alegre
de risos e prantos
de gritos e sussurros
de choro e gargalhadas.
As emoções me tomam de assalto
um assalto.
Um tolo coração refém de emoções.
E eu confesso...não dá para ser de outro jeito.
Passional.
Meu ser todo ele de paixões
e com ela as consequencias da violência de ser assim
de um vício sem cura
de um exagero sem medida
um peso leve.

==============================

Glória é viciada em cocaína
e ela acha que todos acham que ela só usa nas festas
socialmente, como dizem.
Glória não entende
mas o que eu sei dela é que ama dar tecos.

=============

Quero saciar meu ego
eu
egocêntrico
egoísta
só estou pensando em...EU!
Lutando por interesses pessoais
esquecemos do coletivo
do social
dos irmãos.
Matamos pessoas, árvores,bichos...plantas.
E ao matar cada ser...seremos nada.
É a morte brincando de tomar a vida.
Nada mais.

=======================

Quero poder contemplar o mar
quero poder continuar respirar
quero poder para sempre amar.
Eu amo cada coisa
eu amo a coisa
eu amo amar a coisa em si.
============

Você pode me olhar de longe
eu posso te ver de longe
ficamos assim
então
mais distantes
mesmo depois de tudo
ou melhor
agora tudo é nada.
Estamos distantes
estamos além do tempo passado
nós agora somos adeus
passado
sem retrato.

===========

14 de mar de 2011

Deletei você daqui de dentro.

E agora não tem mais...você disse "já foi"...e eu agora vejo que concordo contigo.

Já era!

Dieta balanceada

Cachaça com limão
sem açúcar
só duas pedras de gelo.
Whisky com água de côco
Cerveja gelada
Marlboro light
Marlborão
===========
Um pouco de coca-cola
um pouco de gordura
um pouco de carne crua

======

muitos doces

muitos doces...chocolates!
Doces em geral!

13 de mar de 2011

Baby,

achei tão lindo você chorando no final do filme
no final da letra da música
chorando no final.
Teu rosto meigo
teu jeito doce
teu ser todo leve.
Eu quis chorar de alegria
quis fumar 20 cigarros de nervoso
e gritar.
Como senti vontade de gritar
gritar de alegria
de prazer
de amor.

Volta mais vezes...

The end...2012

O Japão submerso
o mundo acabando
as pessoas abandonando o amor.

Eu entreguei meu coração na tua mão
e você com os pés triturou cada pedaço dele.

O oceano pacífico dando tilte
o mar revolto
o mundo de cabeça pra baixo.

Um cachorro parte para cima de mim
meu dedo machuca
sai sangue
e seu dono não me pede desculpas por todo esse desconforto causado por ele

Parece que estou de ponta cabeça
parece que minha cabeça anda dando voltas além da conta
tudo tão perdido
pensamentos
sentimentos
corações despedaçando
e o povo em festa.

10 de mar de 2011

No meio da multidão

Longe
longe
longe

fica de longe

que até de longe
está aqui bem perto
está aqui em mim

ainda em mim!

E toda noite é a mesma loucura
rolando na cama
pensando em besteiras
... eis que surge
bela e calma

E distante fico a contemplar o sax,sax,sax
teus traços eu tento
mas prefiro não olhar
e não ter
prefiro fingir e tentar agir que não está no mesmo lugar
é mais fácil de engolir
de tentar não sair por aí
e voar até não poder mais
tento ficar devagar
tento não ligar
mas no primeiro dia de carnaval ninguém merece.

========

A chuva começa
meu rosto molhado
éramos dois no meio do resto da multidão
aglomerados
juntos
agarrados
distantes...mas mais perto que distantes.

Born to be wild

Logo no primeiro dia de bloco
neste carnaval
quarta-feira de cinzas
assim não vale
assim não dá
não dá
não dá
vozes internas gritando sem parar
assim não dá!
e quando você foge para bem longe
e o que dentro vive ressurge em qualquer lugar
ainda alí.
boca seca
estômago saltitando
e depois de várias latas de brahma
seu estado meio bêbado
são alternativas encontradas para tentar esquecer qualquer assunto atordoante.
assim não dá
é jogo baixo da vida comigo
é puxar o meu tapete nos primeiros minutos do jogo
assim fica cada vez mais difícil
grito...grito...grito.
Porque é que eu sabia que isso ia acontecer?
como é que eu sei que do nada eu vou te ver...
perdida.
E no meio do bloco começa a chover
animação compartilhada.
E viva a festa
meu ser todo em festa
e levemente atordoado com a tua presença morena.
the feeling it makes me feel!

E no meio do bloco de carnaval
diante do barulho dos instrumentos
do som suave do sax
sax sax sax
teu rosto
tua presença
eu gosto!

Diante de um mundo de possibilidades
meu ser estático.

Expulsamos os ricos do parque

Logo que chegamos
eles saíram.
quando entrei com meu vira lata e meu cabelo despenteado
olhares em mim
nos meus olhos vermelhos
de pálpebras caídas
reclamaram do cheiro do meu marlboro light
das minhas gargalhadas altas
e ainda por cima
acharam que a nossa imagem seria ruim para seus filhos
diante dos seus modelitos
roupinhas passadas
cabelo cortado certo
tênis novo
carro zero

Expulsamos os ricos do parque porque eles estão trancados em condomínios fechados
e se o diferente surge, eles se assustam
eles evitam as diferenças
as casas compõe a maquete do jeito que eles levam a vida
a vida deles é qualquer novela das 21:00 da globo
eles formam famílias
acumulam riquezas
e se isolam do mundo
vivem em uma realidade paralela
e ainda vem falar do cheiro do meu marlboro light
ou das minhas roupas largas e coloridas?

Que moral eles tem?
Eles esquecem dos outros
Eles só andam com iguais
eles são frágeis e intocáveis

bobos
bobos

só pensam em dinheiro
marca
moral
boas maneiras
e aparecer
fica um mostrando pro outro quem tem mais
mais matérias
mais mais mais
matéria
matéria


e o amor?
e o olhar?
e a entrega?
e viver em paz?

3 de mar de 2011

Sorria, meu bem

Não sei agir na tua presença
não sei controlar as reações químicas do meu corpo
quando de repente olhando para o lado te vejo
parada em pé.

Não sei o que você tem
ou o que você fez

Mas você me causa sensações intensas,
não consigo controlar tais emoções.

Tudo foge do meu controle ao te ver

E tudo de repente fica tão desconfortável
meus amigos sabem que ao te ver
eu não sou a mesma.

Eles me conheceram petrificada
e hoje
mole
mole
mole
encantada
atordoada
platônicamente apaixonada.

Desequilibradamente louca, insana, retardada.

Minhas mãos tremem
meu coração batuca
meu corpo já não é o mesmo de antes.

Tudo muda ao te ver
eu fico muda ao passar por você
blá blá blá
queria um dia dominar esse sentimento e dizer abertamente tudo o que sinto.
Mas a razão me diz que tudo já foi feito
tudo está acabado
e eu continuo babando.

======================


Caramba!
Se você soubesse...
cê tem razão de não querer nada
sou louca
demente
porra louca
retardada.
Não passo confiança nem para minha sombra.
Mas se você soubesse
que ao te ver
volto a ser menina
me torno criança de novo
esperando o presente do papai noel
a surpresa de abrir rasgando o papel
Caramba!
Se você soubesse que me faz sentir tão viva
e as sensações que me causa são absurdamente intensas
meu corpo reage a tua presença
e não é algo que se possa controlar
são SENTIMENTOS.
Não sei o que é...só sei que é!
Paixão?
Amor?
Obsessão?
Doença?
Não sei!
Nenhuma boca é como a tua
nenhuma!
E eu posso me interessar momentaneamente por alguém
mas depois...só fica você aqui dentro atormentando.
" existe sempre alguma coisa ausente que atormenta"
VOCÊ!
Eu realmente gosto de você.
é de verdade
é inocente
é amador
é bobo
mas é de VERDADE.