Páginas

27 de mai de 2011

Da carta ao e-mail



                                                                           x



Do australopithecus ao homo sapiens sapiens

Do hummer ao smart


                                                                            x





Evolução do ser

O megalomaníaco consumidor norte-americano, exagerado e selvagem consumista Hummer contra a evolução da espécie Smart.

26 de mai de 2011

Amanhã será melhor?

Religião
Política
Caretas
Covardes
Bundões!
Onde estão os loucos?
Onde estão pessoas interessantes interessadas na luta?
Será que revolução é a solução?
Será utópico pensar em igualdades de condições?
Tantas perguntas sem respostas
tantas questões aqui dentro do meu peito, da minha mente.
Cada vez mais descrente diante desta mesmice diária.
=====================================================

23 de mai de 2011

Time is money? No no no!

O ar puro do mato
o mar que acalma
o amor essencial 
isso o dinheiro de vocês não compra.
O meu barato, eu planto no fundo do quintal de casa.
Dinheiro é um papel feito da ambição de alguns homens com o intuito de segregar os seres
Eu amo meu bando, acumulo irmãos.
O olhar puro do meu cachorro preto.
E de repente acordei de um sonho lindo...onde o dinheiro era substituido pelo amor entre as criaturas.

Tive que parar de viajar e sonhar e aceitar a labuta dura de cada dia onde o dinheiro impera as mentes erradas!

19 de mai de 2011

O tempo do agora

Uma mulher escovando os dentes
tomando café
tomando banho
correndo para o trabalho
no trânsito

E o tempo todo a imagem de um relógio
e o barulhinho irritante dos ponteiros
tic -tac...tic tac...tic tac.

Cada vez o tempo passa mais rápido
o tempo de andar depressa
de andar correndo.

Bem vindo, ao tempo já.
Já foi
já era.
Agora.

Um bichinho feroz quer ser domesticado

O bicho feroz que te come
 fica lá dentro atentando tua calma
roubando tua paz
e de repente é impossível tolerar.

A paciência perdida feito fumaça no escuro da noite
de repente um bêbado babaca faz um comentário errado
e depois de 8 horas no trabalho,trânsito,engarrafamento
 não tolero gracinhas.

E de uma hora para outra tudo pelos ares
cinzeiros
copos
pratos.

A sociedade quer que você seja calmo
mas com o passar das horas
rápido
rápido
rápido.
Cada vez mais sem tempo...e o tempo correndo.

Pequenos carros, grande negócio.



16 de mai de 2011

Quem é que não é um pouco louco?

Muitas vezes amor é cárcere e a mente prisão.
Na arte o ser enfim encontra a libertação
A mão que se estende e te afaga,
maltrata e destrói.
O beijo que excita e faz querer mais,
amanhã já pode ser tarde demais.
Chegamos enfim a conclusão de que a mente que te permite a sanidade
logo depois te traz a loucura.
E o limite entre sanidade e loucura é como se fosse uma linha fininha de nylon,
completamente transparente
e o olho humano é incapaz de enxergar se já se foi longe demais.

Jonhy continua tentando

Jonhy pretendia montar uma banda de rock
não deu.
Quis escrever um livro
não deu.
Tentou não beber demais
não deu.
Diante de tantas tentativas fracassadas...Jonhy desistiu.
O ser humano vive falhando e tentando
mas o gosto pela vida não se pode perder, Jonhy, viver!
Por mais difícil que seja
mesmo nas horas de tédio
medo
e solidão.

15 de mai de 2011

Ditadura dos bundões

Você precisa ter dinheiro
carro
família
apartamento
felicidade
consumir o máximo de drogas legais.
Beber álcool comedidamente
ser magrelo
ser bonito
ter amor
ser legal
ter amigos
ter cabelo bom.
Nem pense em seguir as linhas tortas
não pense em tentar sair da regra da massa
massa essa feita como bolo.

Não use drogas!
Não responda aos mais velhos!
Seja sempre legal e tenha bom humor todos os dias!

Viva como qualquer comercial de margarina ou pasta de dente.

E esteja sempre sentado com a bunda dolorida de frente pra tv e queira o mesmo que a novela.

Seja esperto como todos eles...esteja inserido no contexto ou pene no mármore do inferno.

9 de mai de 2011

E é sempre mais do mesmo

Eu me vendo
você se vende
tudo é venda.
Nada é troca.
Todos correm para garantir seu pote de ouro
estamos nas vitrines
nas prateleiras
somos todos produtos
temos atributos e benefícios
Que porre!

3 de mai de 2011

Pequeno?

Com o trânsito cada vez mais caótico
e as ruas abarrotadas de carros.

Nos pequenos frascos as melhores soluções!

Pré-ocupação por causa de vagas?
Esqueça!

Economico. Ecológico.


2 de mai de 2011

Algumas Bobagens

Osama morreu?
Existe?
Até onde tudo isso é mentira?
Onde está a realidade disso tudo?
O que é vida real?

Perguntas sem respostas
papai noel existe
coelinho da páscoa
deus...um monte de mito preservado pela mente coletiva.
Nada de diferente.
Tudo tão igual.

Parece que as pessoas conspiram em busca do mesmo.

Todos buscando as mesmas respostas superficiais
todos os soldados em formato de máquinas
mente coletiva
massa que não pensa.

Um bando de robôs!

A música comercial
a propaganda lixo
as matérias péssimas de jornais

Nada presta.

Vida doida
horas correm
rock and roll

Estive pensando em aceitar a não pensar como eles,
em não me enquadrar ao modelo de vida ideal.

Ao modelo de vida feliz e idealizado.

Ninguém mais vive
marionetes dos homens da elite.

A massa não pensa
o homem virou máquina
não existe sentimento.

O amor é efêmero.

In / Out

A resposta para todas as questões está IN.

É mais ou menos assim...

um dia eu quero álcool
no outro quero água.
um dia eu quero um porre
no outro eu quero cama.
um dia eu tenho amor
no outro a raiva surge
acariciando minha face quente.

Aí eu penso em quem pensa em casamento
e filhos e aí eu não me vejo fazendo parte desta parte da vida.
Aí talvez eu não faça parte de mais nada.

Mais ou menos assim:
raiva
paixão
amor
ódio
sentimentos misturados na mente confusa.

E por mais que eu saiba que as respostas estão IN
eu procuro ajuda nas muletas possíveis para suportar as 24horas do dia.

Um dia acordo triste e instantes depois começo a gargalhar de Chaves.

Uma música alta me alegra!
Um bêbado babaca a noite em Copa me irrita.
Um comentário impertinente é suficiente pra tirar a minha calma.