Páginas

17 de set de 2013

Dog Days

Uma garrafa de vinho
ideias confusas
dia ensolarado e quente
era um motivo aparentemente bobo que deixava tudo de repente tão confuso
eram apenas 24 horas completamente de ideias confusas
não havia nada que não fosse tão chato
sujeito insuportável
que não se inseria no grande contexto da existência por apenas 24 horas
ele sabia disso
os outros achavam que eram todos os dias
que ele não tinha o tamanho certo da espécie humana
que não era apropriado bastante para estar diante de seres humanos
demasiados, humanos
são feitos de emoções intensas, devastadoras
eram dias em que a mente controlava suas opniões e vontades
e ele era mero fantoche da vida.
Dias esses, dias de cão.

6 de set de 2013

Viva e não sobreviva

Ela entrou e eu deixei
não sinto culpa
não sinto culpa mesmo por nada que estivesse embutido na sua aparição
não estou nem aí para quedas
já tive que levantar muitas vezes
e isso nos torna fortaleza
tombos
tombos
quantos vierem 
enfrento!
sou forte feito um leão com fome
ela chegou trazendo paz pro coração
ela chegou e meus dias repletos de luz e cores suavizaram as agonias internas
tanta fome
tanta sede
tudo se acalma quando surge amor de verdade
não dê pouco amor
ame demais
se a mulher de sua vida aparece de um nada inesperado
agradeça todos os dias em voz alta
sei lá a que
mas o agradecimento deve ser sincero
não tenho tempo para vitimizações imbecis e bestiais
não se faça de vítima das circunstâncias perto de onde eu estiver
não seja efêmero
seja eterno
eternizo minha presença por onde passo
não tenho medo de tombos
vivo pronto a levantar
aí vem a vida e diz...SEJA FELIZ!
e logo depois dirá qualquer coisa diferente disso mas...tudo bem.
Sempre haverá um amanhã, ondas e ondas em praias desertas que precisam ser descobertas.

Pro-SIGA

O caos está pelas ruas
nada de seguir em frente com aqueles erros de tempos atrás
preserve sua mente antes que o fim do mundo engula suas inteligências humanas
não destrua suas fortes convicções
amores amargos devem ser deixados para traz
não pense em fim com dor baseando-se em romantismo babaca e idiota
amores reais e felizes existem para quem acredita neles
o infinito e as juras devem ser respeitadas
não substitua sua dor
ela existe e pulsa e continuará aí pelo resto dos teus dias
não dê valor a homens medíocres
e siga seu caminho de maneira leve para que não doa na hora que o tombo chegar
que seja doce esse caminho
que te leve a ondas perfeitas
que exista uma areia extensa onde possa ser estendido uma canga colorida
não destrua sua alma infantil para sempre acreditar que todo esse mundo caótico tenha dado certo
não seja babaca com as palavras saídas da sua boca
não seja um verme manipulável
seja crítico
seja impossível
seja o que quiser
mas não seja igual as marionetes desse sistema sujo
não acredite demais nos seres humanos
dê amor aos cães
e ande pelas ruas feito um cão perdido
procurando tudo a sua volta
procurando afeto
encontre carinho naquela mão que de tão doce mele seu rosto
e viva como se fosse seu último dia
não dê razão as regras criadas por velhos idiotas engravatados
e não perca seu tempo achando que o dinheiro traz felicidade
quem inventou esse ideal era capitalista e não tinha tempo de observar o simples
não dê ouvidos a eles
todos marionetes de um sistema falido
de um mundo caótico
nada vale mais que suas convicções e crenças
faça da sua vida uma redescoberta
faça de sua aparição um canhão de luz
estamos aqui para aparecer
comunique-se!