Páginas

14 de fev de 2010

ruaaaa ruaaaa ruaaaaa

Uma praia qualquer
canga na areia
mergulho de cabeça
água fria
a onda que passa e limpa e refresca
muito calor
o sol está quente
queimando cabelo
fritando os miolos
pensando em onde está
o que é que eu quero de tudo?
errando e acertando em graus bem divididos
o escuro não me assusta
o silêncio me acalma
por horas na noite
vago entre a fumaça

Nenhum comentário: