Páginas

24 de set de 2009

A mãe do ladrão que chega na delegacia e começa a bater no filho
Que rouba para sustentar seu vício
Sinto pena dos dois!
O menino caído no chão daquele lugar estranho
Sua mãe tendo que ir até lá para ver como fica a situação
Ela se descontrola e bate nele
Com ódio no coração por ter falhado
Sinto pena porque agora, nesse instante
Vendo seu filho no chão, com algema, por roubo
Ela se sente uma lata de lixo
Todo o esforço em vão!

Nenhum comentário: