Páginas

9 de mar de 2009

Know your rights

Posso ir até NY, Holanda ou Caribe

Ir até o outro lado da cidade

Mudar de casa

Morar em apartamento

Posso correr em todas as manhãs

E beber litros e litros de água gelada

Posso beber whisky, vinho, cerveja

Misturar tudo para tomar o maior de todos os porres

Só que no dia seguinte passo em frente ao espelho

E verei meu rosto ali, quase em cacos

Posso jogar uma pedra bem pesada e quebrar esse vidro que desgraça vidas

Posso tentar pular da ponte e cair no rio

E fazer tantas outras coisas só para não ter que ter certeza de que sou eu

O erro.

A coisa estranha.

Sou como um vômito deixado na privada do banheiro público

Ou a merda de cachorro deixada na rua

E ainda um escarro no banco do carro

Todo esse nojo que tenho de mim

Esse desprezo

Essa dúvida

Medo

Descontrole e desespero

Minha cabeça não me deixa por um minuto tranquila

Minha idéias tão novas não agradam a maioria

Não há luz que não se apague

Nenhum comentário: