Páginas

21 de jun de 2014

amor amar amando assim

Ela saiu da cama nas primeiras horas do dia, trabalho que chama e leva essa brisa/chama
vem, menina doce vento venha agora para casa, venha.
e foi assim, na aparição dos teus cabelos macios e negros
foi exatamente onde me perdi no colo e peito não menos macios que os pêlos
vem, amor.
vem que a hora é agora, vem amar, amor.
somos dois perdidos diante de um mundo de possibilidades
natureza explode a cada camada do dia
cores
tintas
as flores e amores
meu amor, vem logo
a hora é agora e eu não quero mais espera
você sai para trabalhar e vomito poesia no teclado desde as 6
vem, amor que estou cheio de tanta saudade
não demora que a hora como já disse é agora e não espero
ah!
que demora e nesses dias as horas pausadamente escorrem pelo relógio da cozinha
tic-tac-tic-tac
vem, menina bonita

Nenhum comentário: