Páginas

22 de jun de 2012

In In In

Ao olhar para dentro sabia que poderia encontrar questões jamais entendidas
sabia que lá no fundo teriam respostas incríveis e soluções necessárias.
E na busca por alguma resposta 
gargalhou quando achou.


Achou um espelho que refletia seu rosto e se assustou
não era o mesmo que via toda manhã 
era um rosto diferente desse que estava grudado em sua cara.


Mas continuou pesquisando detalhadamente cada sinal possível
cada resposta e 
só achou...
 "eu".."eu"..."eu".





Nenhum comentário: