Páginas

22 de nov de 2010

TODAS AS COISAS

A Clara apareceu com umas manchas vermelhas pelo corpo
e o médico disse que é catapora
sem aula uma semana
que criança não gosta dessa notícia?
de ter na geladeira todas as guloseimas deliciosas
fazer charme para os pais
só que tais pintas coçam e ela já está com feridas pelo corpo
tadinha!
------------------------

O instante do vôo
o lagarto na pedra quente logo cedo
meu cachorro latindo no meio da noite
jazz
5 months,2 weeks,2days
alto
deixo o som do jazz
bem alto
saxofone
invade a sala e o resto da casa
passeiam pernas pela janela
correria dos dias
e a repetição de tudo
início e fim
se começa
acaba
e lacem os dados novamente
que o tempo não pára
corram todos
matem todas as árvores possíveis
todas as possíveis vidas
e sejam irônicos com os sentimentos dos outros
não ame o próximo
simplesmente não ame
só isso
palavras
pra que?
e gargalhe de qualquer idiotice
não ligue pro crackeado jogado no chão da rua na noite fria e a barata que percorre teu corpo feito o lixo jogado no meio da rua
não ligue pra nada
apenas seja desta maneira vazia e pequena
--------------------------------

Lembrei de você outro dia
lembrei da viagem
lembrei da gargalhada no meio da noite
e da porta que não abriu e a gente correu com medo
choramos
abraçados choramos
caídos no chão
choramos
mas depois cada um foi pra um lado
e nos perdemos em outros corpos e pernas
em outras camas e espaços
é feita de encontros
que no fim das contas viram desencontros
encontro com alguém da tua família e pergunto como está
nada bem!
que pena
achei que fosse ser algo maior do que aquilo que era
mas não
se perdeu em outras terras e amores
e quebrou a cara e ficou tão alto e fora da realidade que não quer voltar
essa vida de concreto
essa selva de pedra
em busca de equilíbrio e silêncio
sempre
mas de repente fico triste e lembro do que teu pai disse
"ela não está nada bem
tenho medo de que algo de repente aconteça com ela"
isso hoje martela minha mente e não consigo dormir
"algo aconteça" quer dizer morte
ui
que medo de perder pra sempre
como pode ser tão burra?
porque se entrega desta maneira a esses vícios bobos?

Nenhum comentário: