Páginas

13 de mar de 2010

Puto da vida

A idéia de ter o que não é concreto
Aprisionar algúem
Sugar um ser
Isso não é ter
Mas como um bom homem
Bicho
Que se apega
Corre depressa para não lembrar
Para tentar esquecer
Pulo em muro alto
Pulo em cima do trêm que passa
Tudo passa
Depressa
Um beijo
Um piscar
Um flash
Rápido
A intensidade
Na entrega de um beijo de língua
Trocando saliva
Hoje o mundo chora
De dor
Eu choro desesperadamente
Ela partiu
De onibus
Levou a minha paz
Levou meu brilho
Me faço de sofredor
Me entrego a emoções
Como o peito salta rápido
Como o ataque de uma cobra
A mordida de um cão
Eu queria ter feito tudo ao contrário
Mas não deu
O vício
A burrice
As falsas amizades
Fudeu!
Me fudi
Perdi
E agora quero como um leão com fome

Nenhum comentário: