Páginas

1 de dez de 2009

Suave e intensa...Nina no piano

Jack desfilando pela América de carro
Pedindo carona
Ao lado de sua garota viciada em morfina
O relacionamento que eles tem é bonito
Ele toma conta dela e ela é completamente louca por ele
Juntos tocam o país de um lado para o outro
Com apenas 9 dólares e uns litros de vinho barato
E ouvindo pelo caminho a Nina tocando lindamente suas
mãos suaves no piano e cantando de forma que paralisa
Só querem ir de um lado para outro
Sem parar
Saindo daqui indo parar no lado contrário do mapa
Sou amigo de Jack desde tempos de colégio
E sinto falta dele
Mas sempre soube que ele era desapegado das pessoas
Gostava de ir para o mato e ficar por dias só ouvindo o
silêncio
O barulho dos bichos
Tudo fluindo de uma maneira pura e calma
E isso aquecia seu corpo
Seu coração
E nesses dias ele arrumava um jeito de olhar um livro que teria em suas páginas um possível
próximo destino
Era disso que ele era
De vento
Cabeça
Corpo
Idéias
Mas sempre foi um cara legal
Gosta de ajudar as pessoas
E você vê que ele faz por que tem vontade
Ele não tem muita vocação para preocupação em agradar
Mas acaba agradando
Ele é lindo
Forte
Sempre jogou muito bem futebol americano e por isso
foi parar na faculdade
Atleta e poeta nas horas vagas
Mas quem escreve sabe que uma idéia surge do nada
E que é preciso tomar nota dela
Pois surge apenas uma vez
E vai embora
Se não ficar no papel
Já era
E Jack sempre me disse que não se pode perder uma idéia
Porque ela pode ser grande
E aí é muito difícil de se perdoar por ter perdido
E esse conselho não sai mais da minha cabeça
Mas não só isso
Jack desde que surgiu em minha vida não saiu mais
Mantenho este meu louco querer e amor por ele
E sabe disso
Mas diz que não vira bicha porque tem muita mulher linda por aí
Sorrio dizendo que sou a mulher mais linda que tem por aí
Daí me chama de bicha e a gente ri
Sinto falta dele

Allen...

Nenhum comentário: